Aprendi…

Aprendi…
 
Que o ser humano é tão egoísta inclusive eu…
Que coisas simples as vezes se tornam tão pesadas e tão grandes por nosso olhar estar tão condicionado a regras e normas
Aprendi que temos que viver olhando sempre pra Deus e não olhar para coisas ruins

Aprendi ouvir os mais experientes e não dar ouvidos às palavras amargas quer ferem e machucam
Aprendi que eu posso chorar a noite toda, mas se eu não mudar minha forma de pensar, nada vai acontecer a meu favor
Aprendi que só eu posso mudar a minha realidade e que para isso acontecer, tenho que ter paciência
Aprendi que ser feliz, não depende de ninguém, podemos construir a nossa própria felicidade e está presente em situações simples da vida.

Aprendi que o que eu ganho ou o que perco ninguém precisa saber e tão pouco entender
Aprendi que a vida tem duas mãos, uma de ida e uma de volta
Aprendi que a Justiça Divina chega quando menos esperamos
Aprendi que tenho que matar minhas vontades, para que eu possa conseguir um pouquinho daquilo que eu almejo no amanhã
Aprendi que abrindo mão de certas coisas eu consigo arrumar e consertar outras, como emoções que às vezes acho que estão mortas dentro de mim e de repente me vejo tão sensível e que tenho tanto amor pra dar.
Aprendi que não quero ficar triste, que quero ter alegria de levantar e respirar, não importa se não pude comprar o que quero, se não pude viajar, se pude estar do lado de alguém que eu queria ou se me sinto sozinha ou desprezada.
Sabe eu só olha pro céu e falo: Deus dai-me forças, sozinha não consigo e sigo a minha jornada de lutas e desafios
Dores e espinhos sempre irão ter, mas o AMOR,cura qualquer  tipo de dor

Tenho muito para aprender e estou muito longe ainda,

A vida aqui neste planeta é puramente material, AMAR seres humanos, amar os animais e principalmente aqueles que  nos causam dores é um dom de Deus. Temos em nós  a capacidade de amar, perdoar , persistir e aprender para nos tornarmos melhores

A vontade é o primeiro ingrediente basta procurar lá no fundo da alma. Essa vontade vai estar lá bem encolhidinha. mas se você chamar, ela irá se abrir como uma flor em um dia de sol na primavera.

 

Por: Sil Balderramas

Anúncios

Minha alma…

Escrevi esta poesia para minha filha Bárbara que está a caminho de seu sonho e acredito que ele está perto de acontecer.
Todos nós estamos vivendo algo em nossas vidas em que temos tantos medos entre tantas incertezas, porém lá no fundo da nossa alma temos as respostas. É ter fé em Deus e acreditar que tudo pode dar certo!!!

Sil

Sentir…

“Agradeço aos meus alunos a oportunidade deste trabalho tão especial”

Vento leva…Vento traz…

Alguém olha por mim…

Presente…Baby

Encantar e ser encantada

Simples assim…

Toda vez que posso vencer um desafio

Posso me dar o direito de me sentir plena.

Plena em minha condição humana que busca a luz, que busca a alegria e amor

que conforta a alma.

Muitas vezes não é possível sorrir, por que o coração dói , porém quando posso fazer alguém feliz ou posso secar uma lágrima, que vem dos olhos de alguém que sofre, minha alma é preenchida por um remédio tão milagroso , que posso sentir a verdadeira felicidade de encantar e ser encantada…

Um dia olhei os pés de uma criança , que estava tão feliz  a brincar  e de repente ela me chamou:

Por favor você pode amarrar minha sandália?

Eu me abaixei para procurar a fivela, mas não havia.

A sandália estava amarrada com um pedaço de balão, que após ter estourado  foi aproveitado para amarrar a   sandália que envolvia aqueles pezinhos tão pequenos. Eu quis arrumar a fivela mas fui chamada atenção, por que a criança estava contente com sua sandalinha presa ao pedaço de borracha. Ela continuou  brincando   feliz  e muito satisfeita, afinal o problema havia sido resolvido, pelo simples fato de um nó que consegui fazer.

Me perguntei:

Por que não posso ser feliz com o simples?  Por que não valorizar o que tenho de melhor?

Posso admirar e sentir o vento que balança meus cabelos,  sentir o calor dos raios de  sol que aquece minha pele, Beber com satisfação  a água que alimenta a minha vida,  e agradecer a Deus o amor que desfruto dos meus  familiares,amigos, alunos  e  da doçura do  meu cachorrinho.  Sinto que preciso  estar  atenta aos sinais que vida  coloca no   meu caminho e nunca me esquecer: ” Tudo posso naquele que me fortalece” .  Não posso mudar o mundo, mas posso mudar a forma em que me comporto e de como encaro a minha vida.  Quero muito poder ver cenas como eu vi,  desta criança que me encantou e encheu  o meu coração de ternura.

Eu estou encantada com o simples…

Nunca irei me esquecer do Menino da sandália.

Sil Balderramas

Meus olhos  veem  a luz do sol que faz brilhar os grãos de areia

E as minhas mãos podem tocar a terra fofa e macia

Posso ver o  arco-íris num jato de água que rega a semente

Me sinto leve como ar

Quando posso voar mais alto

Minha imaginação não tem limites

Posso desenhar e criar formas

Posso encantar com a beleza dos traços, das linhas, das formas e das texturas

E apenas com um toque posso mostrar que posso sonhar e concretizar

à minha frente estão

A tela, as teclas o mouse e eu

E com  apenas um toque

Posso transformar e criar

As formas que vejo, que sinto

Com meu olhar infantil posso dar asas á imaginação

E do olhar a criação

Posso ser artista

Lá está  o meu dia de sol

Folhagens  e araras azuis

Bumba meu boi  e Festa de Reis

Posso navegar  no imenso azul do mar

E bem distante   se vai  minha jangada virtual

Com  minhas  buscas,  minha curiosidade aguçada, meus desafios  e  os  meus anseios de criança.

”  Sil  Balderramas”

” Está poesia foi inspirada ao Projeto realizado neste ano de 2010 que me trouxe muita alegria, agradeço aos anjos que tive ao meu lado”

Entradas Mais Antigas Anteriores